Nossa tarde com a estilista Carol Nogara

0 Comentário(s) | 23 de junho de 2017 | Categoria: Marcas CWB, Moda

A linda fachada da Custoraria C. Nogara!

 

Estreando nossa categoria reservada a marcas autorais curitibanas não poderíamos ter feito melhor escolha: Costuraria C. Nogara!

Sabe quando você conversa com alguém que te faz esquecer das horas só ouvindo suas histórias? Pois foi assim nossa tarde com a estilista Carol Nogara. Ela nos recebeu em seu aconchegante atelier no coração do Batel cercado de inspirações, cores e formas.

O início

A Carol teve o seu primeiro contato com a moda ainda muito pequena. Nessa época sua mãe gerenciava uma loja voltada ao público masculino. Carolina acredita que sua referência em alfaiataria tenha nascido através desta convivência na infância.

Quando ela tinha 9 anos, sua mãe abriu sua primeira loja de costura. Carol cresceu em meio a linhas, agulhas e retalhos. Sua distração nessa época era ajudar a mãe desmanchando barras originais.

Aos 14 anos Carolina começou trabalhar definitivamente com sua mãe na loja de costura. A parte mais legal dessa fase segundo ela, era ficar em baixo da mesa e pegar os retalhos que ela achava bonitinho. Guardava todos. Até hoje Carol tem peças feitas com esses retalhos por terminar.

Ainda nessa época uma amiga de sua mãe, vendo o interesse da menina pelo mundo da moda, presenteou Carol com uma pasta de desenhos do curso de moda feito por ela no Senai. Essa pasta Carolina guarda até hoje com muito carinho. Nasce assim sua paixão pelo universo dos desenho e croquis.

Quem conhece o trabalho da Carol Nogara, sabe que a principal característica de suas peças é o acabamento perfeito. Característica essa que nasceu muito cedo, através de sua proximidade com Dona Glória, costureira de sua avó paterna. Aliás, conversando com Carol é nítida a sua admiração pela avó. Referência muito presente em seu trabalho até hoje.

Sua paixão pela Itália

O sonho de Carol sempre foi morar na Itália. Sua família por parte de pai é italiana. O sobrenome NOGARA tem origem na cidadezinha com o mesmo nome, localizada na região do Vêneto, província de Verona.

Aos 18 anos Carolina embarca atrás desse sonho. Foi para Itália estudar moda no POLIMODA International Institute of Fashion Designer & Marketing .

Uma carga horária insana, um país diferente, culturas desconhecidas e uma jovem com sede de aprendizado e conhecimento. Carol enfrentou várias dificuldades ao longo de sua jornada na Itália que foram muito importantes para se tornar a mulher e a profissional que é hoje.

 

Como ela mesma diz:

“Para trabalhar com moda é preciso ter pulso!”

 

A imaginação infantil retratada pelo olhar de Carol Nogara

 

Carol sobre o POLIMODA:

“O foco da escola era produzir conceitos, ser diferente, ser único, transformar e abrir sua mente. O potencial criativo que você pode alcançar era o objetivo deles e entrecruzavam as matérias fazendo como tudo se tornasse uma coisa só.”

Os bordados: outra grande paixão de Carol Nogara

 

As dificuldades nas matérias teóricas eram supridas pelo conhecimento que já tinha pela prática na modelagem e costura. Foi em uma conversa com Tessi,  sua professora de modelagem, que Carol começou a entender a ‘filosofia’ do universo dos moldes:

“Tudo o que eu aprendi lá (POLIMODA) foi engrandecedor! Como mencionei, minha professora de modelagem foi a mais incrível! Se eu não tivesse feito essa aula (modelagem) com ela e não tivesse captado o espírito da coisa eu não faria roupas de retalhos.”

 

Carol e suas inspirações

 

Foram várias idas e vindas ao Brasil nesses quatro anos que Carol ficou estudando na Itália. Nesse meio tempo teve que reunir documentos para conseguir sua cidadania, pois o POLIMODA não oferecia estágio para quem não fosse cidadão. Foi então que Carol embarcou no encontro de suas origens e raízes. Sem dúvida um dos processos mais inesquecíveis de sua vida.

A volta

Em 2010 voltou em definitivo para a terrinha do barreado e pinhão. Foi uma fase de readaptação. A sensação da Carol nesse momento foi de que o tempo havia parado para ela e não para as outras pessoas. Tudo aqui estava diferente: a distância, a alimentação, o comportamento das pessoas… Foi uma fase um pouco complicada.

Ela abre então o seu primeiro atelier no bairro Portão,  mas sua ligação com o bairro Batel sempre foi muito forte pois foi onde ela passou grande parte de sua infância. Carol decide então migrar sua costuraria para o Shopping Novo Batel.

De toda essa experiência a estilista traz uma visão do POLIMODA que é para a vida:

“O que eu trago da escola são as infinitas possibilidades… Que a gente não pode ficar fechado em um conceito preestabelecido… Em o que mais aquela peça pode se transformar? Qual a mensagem que você quer que a peça transmita? Deixar sua criatividade ir além do que você esta acostumado a ver.”

Carol gosta de falar que suas roupas são obras de arte! Por isso ela tem peças que estão há 10 anos em processo de conclusão pois deixa os retalhos dizerem o que querem ser.

São essas infinitas possibilidades que fazem o trabalho da Costuraria C. Nogara ser tão único e especial.

Um pouquinho do atelier

Obras de arte Nogara

O cuidado em cada detalhe

A nova coleção assinada por Carol Nogara. A alfaiataria presente em peças atemporais.

Carol, linhas, agulhas e cores!

 

Para conhecer mais sobre o trabalho da Costuraria C. Nogara visite o atelier que fica localizado no Shopping Novo Batel. Nós temos certeza de que você também ficará encantada!

Kimono MARAVILHOSO assinado por Carol Nogara! Presente de Dia dos Namorados que o Boy me deu!

Post por Karina Nogueira e Lizzie Renata

Tags: , , ,

Compartilhar:

Nenhum Comentário

Deixe o seu comentário!

COPYRIGHT 2017 © ENJOYCWB.COM.BR | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. | DESIGN E PROGRAMAÇÃO: MUITOMAISDIGITAL.COM.BR